Núcleo Acadêmico Simers

Área do sócio

Núcleo Acadêmico Simers

 

Doações de alimentos deverão ajudar 26 instituições em Lajeado Voltar

21 11:48:00/08/2017

Imagem Capa Post Núcleo Acadêmico SIMERS

Alimentos arrecadados durante o sábado (19), em Lajeado, pelos alunos do curso de Medicina da Univates, deverão ajudar 26 instituições no município. A ação, iniciativa do Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (NAS-SIMERS), aconteceu em diversos pontos da cidade e integrou o segundo dia de atividades do Trote Solidário, que reuniu cerca de cem universitários, em diferentes horários.

Conforme um dos diretores do NAS-SIMERS, Pedro Egon Gewehr, estudante do 7° semestre do curso de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), a ação aconteceu em parceria com o Rotary Club de Lajeado-Engenho e com o programa Mesa Brasil, do Serviço Social do Comércio (Sesc) – que fará a distribuição das doações. Dentre as instituições a serem contempladas estão a Defesa Civil e a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan).

Para o estudante Leonardo Rickes, 21, aluno do 2° semestre, o caráter solidário do projeto é muito importante, mas ele também proporciona uma relação melhor entre os acadêmicos. “Começarmos esse trabalho desde a entrada no curso e queremos mantê-lo nos outros anos. A ideia é fazer uma integração entre os alunos do primeiro e dos outros semestres da Medicina”, avalia.

Calouro no curso, Alexandre Pagani, 20, vê na ação uma oportunidade de doação. “É bom que entramos com um espírito mais solidário, querendo ajudar o próximo. Passar quatro horas recebendo doações é um prazer e não custa nada. Que essa ideia se propague e muitas famílias sejam beneficiadas”, diz.

Repercussão positiva

Os alunos que recolheram as doações em frente a supermercados da cidade, receberam também elogios dos moradores. Para Maria Deloli Veloso (56), a atitude dos estudantes é maravilhosa. “São jovens que estão fazendo coisas que nós, muitas vezes, não fazemos. Há muita gente precisando. Se cada um der um pouquinho, chegamos a um monte de doações”, salienta.

Associado ao Rotary, Jair Delazzeri (43) acompanhou os estudantes durante o dia. Para ele, o espírito do trote é diferente, o que agrada ao clube. “Abraçamos o projeto desde o início e gostamos muito. É uma coisa incomum, pois estamos acostumados a ver trote para arrecadar dinheiro para bebida e festa, mas esse é muito legal”, destaca.

O Trote

O Trote Solidário acontece em dois dias: no primeiro, os estudantes doam sangue; no segundo, arrecadam alimentos para pessoas necessitadas. Em Lajeado, o projeto iniciou na sexta-feira (18). Na primeira ação os estudantes colaboraram com a reposição de bolsas de sangue para o Hemovale, localizado no Hospital Bruno Born (HBB).

Na primeira edição do Trote Solidário em 2017, em março e abril, foram contabilizadas, no Estado 518 doações se sangue. Além disso, o projeto arrecadou 20,6 toneladas de alimentos não perecíveis. Promovida desde 2008, a ação do NAS-SIMERS é uma parceria com turmas de veteranos das faculdades de Medicina e se tornou a maior iniciativa de recepção aos alunos que recém ingressaram em universidades.

Loader

Fechar